Dingo Bells- “Tudo Trocado”

A banda gaúcha Dingo Bells, está de clipe novo de mais uma canção. Desta vez a canção de destaque é “Tudo Trocado” que também teve ajuda do casal Couple of Things pra produção do videoclipe.

Com locação na Vila das Flores, o clipe é super colorido e bem alegre com os integrantes da banda alternando nos vocais ao andar pelas ruas e interagindo com os passageiros. Com muita dança, inclusive da banda, o clipe surpreende com o bom humor, os erros de dança, com os coloridos das cenas. Confira então o videoclipe de “Tudo Trocado” e surpreenda-se com as coreografias e o auto astral da banda.

Publicado em Brasil, Deveria ser mainstream, Indie | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Descoberta da Semana: Raça

Sim, parece mas não é, a descoberta da semana é a banda Raça (não a lendária banda de pagodeRaça Negra). A banda paulistana composta por Popoto (Voz/Guitarra) Tamashiro (Guitarra) Novato (Voz/Baixo) Thiago (Bateria) acabou de lançar o álbum Saúde que tem chamado a atenção da banda.

Fazando um som indie rock bem interessante com melodias variadas e bem orgânicas com  ótimas guitarras e letras sobre relacionamentos. Separamos os clipes e canções de “Quente/Chama” como amostra do trabalho e da qualidade do som da banda. Com direção de Lucas Strani,  o clipe mostra a banda com chamas ao fundo e uma ótima fotografia. Confira:

Publicado em Brasil, Descoberta da Semana, Deveria ser mainstream, Indie | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

Cat Power- “Horizon” (vídeo)

A cantora Cat Power soltou mais um single e vídeo do seu último álbum Wanderer. A canção escolhida é “Horizon”, que tem letras bem sensíveis sobre família, e rever todos aquelas pessoas importantes em nossa vida.

Para trazer uma atmosfera tão sensíveis quanto as letras, Cat Power teve a ajuda do diretor Greg Hunt. Com uma bela fotografia, o clipe conta com várias cenas com situações familiares: um casal, pai e filha; assim como algumas situações de melancolia: uma garota dançando e Cat Power cantando em um quarto ao entardecer.  Confira então o sinsível e lindo clipe para “Horizon”:

Publicado em Deveria ser mainstream, Indie | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Descoberta da Semana: Otoboke Beaver

Ok, a descoberta desta semana pode ser um pouco inusitada. Há dez anos na estrada, Otoboke Beaver é uma banda do Japão composta por quatro garotas: Accorinrin nos vocais, Yoyoyoshie na guitarra, Hiro no baixo e Kahokiss na bateria, que fazem um punk rock com elementos de screamo que deixam muitas bandas por aí a desejar.

Muito punk rock com batidas terminadas abruptamente  e introduzida por melodias fofinhas e coreografias no palco, e uma guitaria alternada por vocais suaves e fofos com coro e uma presença de palco absurda da vocalista e da guitarrista, é sinceramente impossível não gostar das meninas. Com o segundo álbum lançado agora em 2019, ITEKOMA HITS, confira  a canção “Don’t Light My Fire” e a explosão da banda:

Publicado em Descoberta da Semana, Deveria ser mainstream, Indie | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

Gabrielle Aplin- “Nothing Really Matters”

A cantora inglesa Gabrielle Aplin vem lançando diversos singles e o ultimo deles, “Nothing Really Matters”, ganhou esta semana um clipe que segundo a cantora cobre bem as emoções que quis passar na música.

Com a direção de Joe Connor, a cantora exagera na maquiagem e roupa estampadas para passar as emoções de ansiedade, confiância, felicidade, inquietação e ficar hesitante perante as coisas. Como natumalmente é a vida. Apesar de ser curto o vídeo e bem expressivo, as cores explodem de acordo com cada sentimento. Confira então a nova faixa de Gabrielle Aplin e o vídeo para “Nothing Really Matters”:

Publicado em Deveria ser mainstream, Indie | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

Meiko- “Gimme Gimme”

Faz um tempo que a cantora Meiko não aparece com inéditas. Após o ábum de versões lançadas em 2017, a cantora agora lança o primeiro single do álbum In Your Dreams com lançamento para o dia 21 de Maio.  “Gimme Gimme” surgiu hoje com a capa de um origai de unicórnio.

Segundo a cantora, a canção surgiu quando se mudos de Los Angeles para Nashville e tinha que comprar novos utensílios para sua própria casa. Após algum tempo, a cantora ficou viciada em sempre ter um pacote chegando e ao repensar na situação, escreveu então “Gimme Gimme”. Confira então a canção, bem mais fofinha e relevante que “7 Rings” de Ariana Grande:

Publicado em Deveria ser mainstream, Indie | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

The Murder Capital- “Green & Blue” (vídeo)

Uma das nossas descobertas da semana do ano passado está finalmente começando a ganhar certo prestígio merecido. Os irlandeses do The Murder Capital finalmente lançaram seu primeiro vídeo “Green & Blue” parte do EP de mesmo nome.

Com o clipe dirigido por Ethan Barrett e Tom Gullam, a banda conseguiu juntar uma atmosfera de perda e desespero contando a reação de cada pessoa que sente a falta de uma pessoa. Exposão de raiva, gritarias e melancolia em uma trilha sonora escura  com muitos riffs guitarras e bateria, além do vocal único.  Confira não só “Green & Blue”, mas o talento enorme de The Murder Capital:

Publicado em Deveria ser mainstream, Indie | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Mark Ronson feat Lykke Li- “Late Night Feelings”

E o produtor, músico Mark Ronson está com álbum programado para Jnho deste ano com muitas participações e muitos hits. A primeira canção com a Miley Cyrus, “Nothing Breaks Like a Heart” foi um sucesso que já chegou impulsionando a curiosidade do novo trabalho de Ronson.  Agora, o produtor lança a faixa com Lykke Li, “Late Night Feelings”.

Trazando de volta aqueles agudos registrados do começo de carreira de Lykke Li, Mark Ronson faz uma música contagiante e dançante com toques de anos 70 pra fazer bem na pista. Já o clipe mostra Lykke Li em sua canção, com uma obsessão por um cantor (Mark Ronson) e como ela se prepara para uma performance imaginária com o rapaz. Hilário sem deixar de ser chique:

Publicado em Indie | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

Sara Não Tem Nome – “Dias Difíceis”

Mais um clipe da safra Videoclipers feito pelo Couple of Things veio à público. Desta vez a cantora Sara Não Tem Nome também ganhou um videoclipe feito pelo projeto. “Dias Difíceis”, parte do álbum Ômega III (e com download gratuito) é a canção com versão videoclíptica.

Simples e gravado em sequência, Sara Não Tem Nome se encontra dentro de uma máquina de lavar, em um laundrimat (lugares públicos com várias máquinas de lavar) com pés amarrados e uma dor em ver o mundo. Logo percebemos que ela é somente parte das roupas a serem lavadas. Confira o vídeo e a canção para “Dias Difíceis”:

Publicado em Brasil, Indie | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

Descoberta da Semana: Capitão Fausto

A descoberta da semana vem da terrinha, de Portugal! Capitão Fausto é uma banda indie de Lisboa, Portugal, ue faz um som genial, mesclando o clássico indie com um eletropop bem modesto e fino. Composto por Manuel Palha (guitarra), Domingos Coimbra (baixo), Francisco Ferreira (teclas), Tomás Wallenstein (voz e guitarra) e Salvador Seabra (bateria), a banda portuguesa tem  4 álbuns no currículo e várias ótimas canções.

O último álbum da banda, A Invenção do Dia Claro,  foi gravado no Red Bull Studios no centrão de São Paulo, e ainda preserva toda a sonoridade única da banda e os sotaques portugueses. Já o clipe de “Boa Memória” foi gravado em Portugal, confira então o clipe e a sonoridade dançante da banda!

 

Publicado em Indie | Deixe um comentário