Pedra- Relógio!!

A “Descoberta da Semana” vem direto da cidade São João Nepomuceno em Minas Gerais. Lá que reside a banda Pedra- Relógio, com quatro garotos com gostos musicais ecléticos que se juntaram para fazer aquele som bom!

pedra relogio2

O primeiro som divulgado “Navegando” traz o melhor das guitarras que levam o ouvinte para entrar em uma gostosa melodia que tem uma pegada bem marcada, lembrando muito aquelas músicas clássicas brasileiras de rock de bandas como Barão Vermelho e Capital Inicial, mas com uma identidade Pedra Relógio fácil de identificar, com letras com metáforas certeiras. Baita curiosidade para ver e ouvir mais desta banda. Confira o primeiro e ótimo single “Navegando”:

Publicado em Brasil, Descoberta da Semana, Deveria ser mainstream, Indie | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

Hey Sholay- “Eyes For Me”

Sheffield está passando por aquele momento depressão pós Tramlines esta hora. A cidade inglesa recebeu o festival, que está em sua sexta edição, este fim de semana e trazendo o melhor da cena local e, ultimamente, grande nomes da cena inglesa.  Uma das maiores atrações, com direito a tocar na Catedral de Sheffield, Hey Sholay mostrou seu talento e para comemorar anunciaram nova música.

eyes for me hey sholay

Single chegou junto com um clipe psicodélico com ênfase em olhos beeeeem perto da câmera, o vídeo traz um registro  visual bem legal para a canção que traz os sons distorcidos característicos da banda e o vocal desta vez grave de Liam Karima, com um ritmo mais lento, possível de identificar e se deliciar com cada nota musical! Baita música com download gratuito, confira:

Publicado em Deveria ser mainstream, Indie, Sheffield | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

Feral Brood- Minotaur

Feral Brood finalmente deu um fim ao hiato de dois longos anos para lançar nova faixa, em comemoração aos novos shows que a banda irá fazer neste fim de semana no Festival Tramlines em Sheffield. Rumores que um segundo álbum estava forte no ano passado, porém só agora temos uma canção concreta e de nome “Minotaur”.

feral-minotaur

A canção “Minotaur” tem três momentos definidos: o começo pesado com vocais de Phil Goodwin, o refrão com um piano com um groove fantástico e o vocal de Dan Williamson- que também faz um bridge, com direito ha órgão e riffs de guitarras que levam até o final da música de um jeito animador e cheio de energia com a confissão do Minotauro nas letras. Confira “Minotaur” e embarque nestes diferentes sons, aproveite também o download gratuito:

Publicado em Deveria ser mainstream, Indie, Sheffield | Marcado com , , , , , , , , | Deixe um comentário

Ben L’Oncle Soul- “My World is Empty Without You”

Em uma parceria com o projeto brasileiro colaborativo “Volta ao Mundo em 80 clipes” gravou um vídeo de improviso na cidade de Paris para versão a canção “My World is Empty Without You” dos Supremes com o cantor Ben L’Oncle Soul.

ben loncle

 

Gravado embaixo de uma ponte, em preto e branco o cantor francês solta o som de sua voz à um ritmo de reggae dando uma repaginada da canção e sendo a trilha sonora perfeita para um dançarino conciliar os passos e dar outra interpretação para a canção, é possível ver os bastidores do vídeo, e uma interação super divertida de cantor e dançarino, confira:

Publicado em Deveria ser mainstream, Indie | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Chvrches- “Leave a Trace”

O trio escocês Chvrches deu duas ótimas notícias esta semana: o lançamento do novo álbum Every Open Eye, previsto para setembro deste ano e uma amostra deste novo trabalho com o novo single “Leave a Trace”.

chvrches

No melhor que há de eletropop, com batidas leves e com a voz suave mas precisa de Lauren Mayberry, as letras das canções abordam um conflito de relacionamento, o refrão é ótimo e a música tem uma atmosfera dançante mas sutil. Segundo Mayberry para NME a canção é uma avalanche tanto sonora quanto em palavras, nunca a banda tinha sido tão direta, já Dorhety afirma que há um pouco de melancolia, provavelmente remanente de Glasgow (escoceses geralmente são melancólicos). Confira a ótima “Leave a Trace” e o track list de Every Open Eye:

  • 1. Never Ending Circles
  • 2. Leave A Trace
  • 3. Keep You On My Side
  • 4. Make Them Gold
  • 5. Clearest Blue
  • 6. High Enough To Carry You Over
  • 7. Empty Threat
  • 8. Down Side Of Me
  • 9. Playing Dead
  • 10. Bury It
  • 11. Afterglow

Publicado em Indie | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Marina and The Diamonds- “Blue” (video)

Ainda na era de FROOT que vem lhe rendendo bons frutos, Marina and The Diamonds decidiu trabalhar em mais uma música de trabalho, que saiu com direito a até ter clipe. A canção “Blue” fala em não ficar sozinho depois do fim de um relacionamento: Marina pede para voltar por uma noite mesmo não gostando mais.

marina_diamonds_blue

O clipe dirigido por Charlote Rutherford mostra a cantora com modelitos chiques em partes de um parque de diversão ( neste caso, o parque Dreamland). Logo descobrimos que Marina é a vidente do parque (bancada de modo gritante pela marca de jóias Pandora, que emprestou alguns anéis para cantora). Divertido com direito à cenas nos brinquedos e coreografia no final, confira:

Publicado em Indie | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

Emblues Beer Band!!

Como a maioria das descobertas, mais uma banda esbarrou em minha vida e meu tempo por acaso, mas desta vez, vi a banda esbanjando talento ao tocar músicas engraçadas e com uma melodia com instrumentos diferentes, mas bem tocada. A tal banda que mistura blues e música brasileira é Emblues Beer Band e os encontrei em sua cidade: Embu das Artes.

emblues beer band

Com violão, contrabaixo, gaita e equipamento super criativo de percussão- a banda tem letras hilárias sobre acontecimentos do dia-dia (Churrasco vegetariano de queijo e pão/ canção sobre cachorros) e um som energético e entusiasmado. Com extremo carisma a banda não vai demorar para conseguir certa fama…isso que espero ou algo tem algo muito errado neste ramo musical, confira:

Publicado em Brasil, Descoberta da Semana, Deveria ser mainstream, Indie | Marcado com , , , , , , , , | Deixe um comentário

Joe Carnall Jr.- “The Boy Who Was Struck By A Lightning”

Joe Carnall Jr. é um cara bem conhecido em Sheffield: além de tocar baixo e fazer os vocais da falecida mas ótima banda Milburn, o cantor ainda é formado em história, sendo professor em uma escola local em Sheffield, sem deixar as bandas The Book Club, projeto do mesmo e Reverend and The Makers, dando uma força no baixo. Mesmo assim, Joe ainda tem material para mostrar  e pela revista de Sheffield Exposed, mostrou mais de seu trabalho.

Joe-Carnall-Jr

Com participação de seu irmão Louis Carnall, Ed Cosens (Reverend and The Makers) e outros amigos, Joe divulgou a canção “The Boy Who Was Struck By A Lightning”  em uma sessão acusticamente, no melhor jeito de mostrar talento e tocar as pessoas. Confira Joe Carnall e seus amigos e mais uma música que comprova talento dos bons:

Publicado em Deveria ser mainstream, Indie, Sheffield | Marcado com , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Jessica Pratt!!

Uma daquelas descobertas que fazemos por acaso, foi assim que encontrei sem querer a cantora folk Jessica Pratt. Com violão, voz, algumas sobreposições de voz, a cantora consegue melodias cativantes e intimistas. Americana, Pratt lançou seu primeiro álbum Jessica Pratt em 2011 e neste ano lançou seu segundo álbum On Your Own Love Again, gravado em um período de dois anos e com produção caseira e independente- e ambos bem aclamados pela mídia.

jessica pratt

O segundo álbum da cantora rendeu alguma exposição como uma sessão na KEXP, tocando suas músicas com a ajuda de um guitarrista e matérias em algumas revistas especializadas. Com voz peculiar, Jessica Pratt é uma recomendação para quem gosta de um Folk que mistura Laura Marling com uma voz a lá Joanna Newsom. Confira “Back, Baby” de seu último álbum:

Publicado em Descoberta da Semana, Deveria ser mainstream, Indie | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

Ben L’Oncle Soul- “Walk The Line”

O cantor francês Ben L’Oncle Soul se rendeu aos encantos dos Estados Unidos em seu último álbum e gravou seu mais novo clipe da música em inglês (!) “Walk The Line”, parte de seu último álbum À Coup de Rêves.

Urban-Soul-Ben-lOncle-Soul-

A balada tem cenário a cidade de Los Angeles e mostra Ben L’Oncle passando de carro pela cidade e mostrando os lugares e os acontecimentos noturnos da cidade junto com a interpretação do cantor.  As letras dão uma ótima interpretação para o vídeo, e trazem um aspecto mais dramático e tocante. Uma bela música e um ótimo clipe, confira:

Publicado em Indie | Marcado com , , , , | Deixe um comentário