Ingrid Michaelson- “Hell No”

De vez em quando entre álbuns, alguns artistas lançam alguns singles – aquelas canções que servem de transição para o novo trabalho e mandar um aviso para os fãs que eles estão vivos: Ingrid Michaelson faz parte deste time. Após o álbum Lights Out (2014), ingrid manteve-se firme no Instagram e Snapchat, e aproveitou-se da última midia social para ser inspiração de seu single novo “Hell No”.

13082618_10153499486261080_359947630772116460_n

Vídeo super divertido, traz a maioria dos filtros populares do Snapchat em uma Ingrid que desabafa a separação de seu amor ( será alguma indireta à Greg Laswell, seu ex-marido?) e enfatizando que não irá sentir falta do antigo amor. Clipes DIY não são surpresas vindo da Ingrid, e mais uma vez, ela consegue ser divertida e cool do jeitão dela e com uma ótima música, confira:

Publicado em Deveria ser mainstream, Indie | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

Band of Horses- “Casual Party”

Band of Horses, banda americana formada em Seattle  que simplesmente conquistou o coração de muitos fãs com seu rock com pitadas de folk, divulgou trabalho novo depois de Mirage Rock lançado em 2012; o novo disco é Why Are You OK e o último single é “Casual PartyParty”.

band-of-horses

“Casual Party”, como o nome diz, menciona festas e principalmente os temas (muitas vezes entediantes) abordadas nas mesmas. Som recheado de guitarras e mostrando um rock mais agitado e dançante, a canção até ganhou um vídeo imitando um karaoke coreano, com direito a até imagens de peixes, tartarugas e corais sem contar os ideogramas coreanos, confira:

Publicado em Deveria ser mainstream, Indie | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Descoberta da Semana: Julien Baker

A descoberta da semana também é uma das grandes apostas deste ano, com direito a até ter sessões no Audiotree e Paste Magazine; Julien Baker é uma garota americana de Memphis, Tennessee e era vocalista da banda Forrister, mas acabou lançando um álbum ano passado e recebendo bastante atenção da imprensa, que  “Sprained Ankle” levou a garota a assinar com uma gravadora.

Julien-Baker

O som de Julien é bem simples: apostando em guitarra elétrica e voz, e canções com alto teor emocional, sem medo de mostrar um lado mais sombrio e melancólico. É bom prestar atenção nesta garota, tem um futuro ótimo pela frente e promete muitas canções e um ótimo talento para esta geração, confira:

Publicado em Descoberta da Semana, Deveria ser mainstream, Indie | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Courtney Barnett – Nobody Really Cares If You Don’t Go To The Party

Courtney Barnett lançou mais um vídeo de seu álbum Sometimes I Sit And Think, And Sometimes I Just Sit, que lhe rendeu até indicação de artista revelação do Grammy. Desta vez a faixa é  “Nobody Really Cares If You Don’t Go To The Party”, uma ótima canção com guitarras à vapor e ótimas metáforas e relatos em preferir ficar em casa do que ir para uma festa chata.

barnett

Pois a festa de Barnett é bem legal, ela fez um show espontâneo no bairro de Camdem( onde a Amy Winehouse vivia) em Londres e uma galera estava lá para conferir o trabalho e o som maravilhoso. Rock and Roll de melhor qualidade, confira:

Publicado em Deveria ser mainstream, Indie | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Slowolf- “White Feathers”

Slowolf é um DJ de Copenhagen, também conhecido como Andreas Asingh, bem criativo e cheio de parcerias que trazem novos ares e experiências para sua música. Desta vez a parceria foi com Kimbra, a cantora Neo-zelandesa que é bem conhecida com a canção “Somebody that I Used to Know” de Gotye, da qual ela também participa; “White Feathers” é a faixa em que Slowolf convida Kimbra a emprestar os vocais para a sua batida.

SLOWOLF_White_Feathers_Single_Press_Photo_PhotoByIanIsak

A história da canção “White Feathers” é bem bonita: Andreas tem quatro filhos, mas o último nasceu com síndrome de down, e para homenageá-lo, escreveu a canção- “White Feathers”. Karlo, seu filho também não está passando um bom momento em sua saúde, já que está internado no hospital com uma infecção no pulmão. Este é mais um motivo para apreciar a faixa, confira:

Publicado em Deveria ser mainstream, Indie | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

Descoberta da Semana: Rat Boy

A descoberta da semana já é conhecida por algumas pessoas, principalmente aquelas ligadas no rap da Inglaterra: Rat Boy. O garoto também conhecido como Jordan Cardy tem apenas 20 anos  e faz ótimos sons que já até ganhou reconhecimento, como um NME Award de novo artista, isso porque só lançou até agora 2 EPs: The Mixtape e 2014 e Neighbourhood Watch no ano passado.

ratboy

O som de Rat Boy lembra um pouco Beastie Boys, misturando batidas eletrônicas e britpop na mistura de suas rimas. Além de ter alguns vídeos engraçados, como “Move” onde em uma animação é um skatista que combate ninjas (lembra um pouco a animação de “Confisco” do Charlie Brown Jr.). Confira Rat Boy, parece que este moleque vai longe:

Publicado em Descoberta da Semana, Deveria ser mainstream, Indie | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

M.I.A.- “Rewear It”

Um dos maiores nomes do rap e uma das figuras mais controversas do cenário pop/indie, M.I.A lançou um clipe esta semana com parceria com a loja de roupa sueca H&M que acompanha a campanha da semana de reciclagem que ocorre do dia 18- 24 de abril, e que a empresa apóia.

mia h&m

Logo no início do clipe, várias pessoas de diferentes nacionalidades assistem um noticiário de TV em que é abordado os impactos da mudança climática no mundo. M.I.A. interpreta a canção, que aborda o tema (rewear it/ we make this generation)enquanto os mesmos personagens do começo do vídeo aparecem dançando a canção. Clipe simples, mas bem legal, confira:

Publicado em Deveria ser mainstream, Indie | Marcado com , , , | Deixe um comentário

The Paper Kites- “Renegade”

Os australianos do Paper Kites ainda continuam a divulgar o último álbum TwelveFour, álbum conceitual que fora gravado e produzido entre meia noite e quatro da manhã, assim como as aventuras de alguns personagens em seus vídeos. Já vimos um casal se encontrar e curtir a noite em “Eletric Indigo” e “Revelator Eyes”; e agora, um grupo de adolescentes embarca na noite em “Renegade”.

The-Paper-Kites-horiz

Neste clipe alguns adolescentes se reúnem na calada da noite com suas boias pretas e de bicicleta (em um take lembrando Donnie Darko) vão até uma piscina pública que também passam filmes antigos e se divertem. O clipe é simples, mas tem uma virada cheia de suspense além de mostrar com certa leveza a travessura dos adolescentes, confira:

Publicado em Deveria ser mainstream, Indie | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

Descoberta da Semana: Kitty

Kitty, ou Kathryn-Leigh Beckwith, já foi conhecida como Kitty Pryde lá em 2012, quando liberou a faixa “OK, Cupid” inspirada no relacionamento com o namorado da época e gravado em seu quarto em seu MacBook de uma forma bem relaxada e descontraída: uma garota normal fazendo rimas de sua vida com batidas eletrônicas. Kitty então mudou o nome e começou a apostar na carreira, fazendo parcerias com outros músicos e melhorando suas composições.

11822684_712665415504814_3277218307830008394_n

Kitty está produzindo seu primeiro álbum  e até fez um crowdfunding para arrecadar recursos para gravar o álbum e parece que o álbum está firme e forte com composições novas (Kitty teve o azar de perder a mala com toda a sua escrita e vida em um aeroporto)e com mais uma fase nova, vamos esperar para ver, né? Confira “Florida”:

 

Publicado em Descoberta da Semana, Deveria ser mainstream, Indie | Marcado com , , , | Deixe um comentário

We Are Scientists- “Too Late”

Os americanos maluquinhos Chris Cain e Keith Murray, mais conhecidos como We Are Scientists, estão prestes a lançar álbum novo: Helter Seltzer com previsão de lançamento para o dia 22 de Abril. E como divulgação, já tem dois clipes bem criativos e bem criativos: a ótima “Buckle”onde Chris é vítima de bullying de Keith e “Too Late”:

we are scientists

No clipe de  “Too Late” são feitos vários recortes de filmes antigos em preto e branco com Keith como um guru e Chris interagindo com uma mulher que dança para salvar as abelhas (caso não saiba, é verdade que as abelhas estão desaparecendo do planeta). Muita zoeira a vista, confira “Too Late”:

Publicado em Deveria ser mainstream, Indie | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário