Submarine EP- Alex Turner

Alex Turner é um garoto versátil. Quem o viu em começo de carreira vestindo camisetas polo coloridas e cabelo estilo cogumelo nunca iria apostar no caminho que traçou anos depois, ao montar os The Last Shadow Puppets com Miles Kane e ao desenvolver sensivelmente suas letras de música em Humbug, o terceiro album de sua banda- Arctic Monkeys. A liricidade de suas composições eram já especiais desde o primeiro album dos Monkeys, cheias de referências à cidade natal dos integrantes, Sheffield. Favorite Worst Nightmare foi um passo à frente WPSITWIN, e as músicas entraram em outro nível estético com Humbug, mas acho que o ápice da sensibilidade de Turner se mostrou mais forte neste EP encomendado por Richard Ayoade, o diretor do filme Submarine.

1. Stuck On a Puzzle- Intro

O EP começa com a introdução de “Stuck on the Puzzle”, logo a abertura com violão evidencia uma atmosfera a lá John Lennon. Alex canta diferente, com uma delicadeza que não encontramos nos Arctic Monkeys.

2. Hiding Tonight“But I’m quite alright hiding today”

Linda música com acompanhamento de violão. A letra mostra as promessas de ser alguém melhor e maior não hoje, mas sim amanhã, num futuro próximo, pois hoje só me importo em me esconder e deixar meus medos e cicatrizes para mim mesmo.  As ênfases de Alex são certeiras na canção, trazendo sorrisos ao longo da música.

3. Glass in the Park -” And like a grain of diamond dust, you float/And my devotion’s outer crust…cracks”

Letra bem elaborada, com várias metáforas lindas sobre confiança no amor/ pessoa amada.O clima inocente de amor permeia a letra de um modo lindíssimo. Quanto à melodia, o violão recebe acompanhamento de uma guitarra e de backing vocals. A faixa é ótima para ouvir ora sozinho ou acompanhado. Muito fofinha.

4. It’s Hard to Get Around the Wind–  “But they want the world in a dessert spoon”

Sobre se desapontar, novamente com metáforas- principalmente sobre o vento. O violão é mais rápido e embora Alex use o vocal mais dócil, há uma certa tensão, ou sinal de alearta ou aviso. Conflitos que surgem em nossa vida, certas coisas que não entendemos.

5. Stuck on the Puzzle- “Nobody I asked/ Knew how they came to be the one/To whom you surrended”

Um dos destaques do EP, esta é a versão total da qual há um trechinho na introdução. Aqui a faixa aparece com produção, com outros instrumentos e novos sorrisos ao longo da música. A letra simples e relacionada a certa luz de uma pessoa e o mistério de resolver o quebracabeça sobre ela. Linda e simples.

6. Piledriver Waltz“You look like you’ve been for breakfast at the heartbreak hotel”

A valsa aqui terá versão diferente no próximo album do Arctic Monkeys. Junto com “Stuck On The Puzzle” a canção é um dos pontos altos do EP, trazendo liricismo ao extremo. Com produção forte e baixo marcante (imagino quando o O’Malley tocar isso), certamente é a faixa mais parecida com o estilo dos macacos. Os sonhos são interrompidos pelo som de uma bate -estaca e nem sempre nossas espectativas saem como desejado. Uma baita música, tocante e inteligente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s