Melhores Clipes Nacionais 2010-2019

Uma década se passou e o Brasil viu logo no começo dos anos 2010 uma ótima safra de artistas e, consequentemente, alguns clipes bem criativos. Com grandes ou pequenos orçamentos, escolhemos os clipes que mais nos chamaram a atenção pela criatividade e combinação da música e visual. Segue então as nossas escolhas dos melhores clipes nacionais da década:

50 “Despedida”-Selvagens a Procura de Lei

Feito em parceria com Couple of Things, o clipe de “Despedida” é gravado em primeira pessoa  (ou de um olhar de fora) que segue o grupo até a praia e à fogueira que queima algumas evidências. O clipe termina com os integrantes felizes  indo tomar um banho de mar.

49 “A Divina Comédia”- Atalhos

Um clipe bem filosófico (bem típico do Atalhos) que provoca reflexão sobre a juventude – ou a falta dela em um momento no espelho com duas gerações (ou não). Após uma conversa de aflições que incluem os membros da banda como personagens e caminhadas pela cidade, talvez a moça consiga se encontrar.

 

48 “Chave do Olimpo”- Contando Bicicletas

Querendo se encontrar, o rapaz do clipe acha um caderno que o leva pra fora pra explorar, e assim seguindo uma fila de joaninhas consegue achar um pouco de sí mesmo e talvez uma nova amizade.

47 “Laiá Laiá”- Cícero

Em “Laiá Laiá”, Cícero nos leva a uma festa a fantasia de Carnaval em que todas as fantasias tem um tom de festa vitoriana e Cícero de Pequeno Princípe, e tudo acaba depois na av. Rio Branco…

46 “Amor Pixelado”- Céu

A coisa mais legal de “Amor Pixelado” é o fato do clipe ser em 360 graus. O mote do clipe é simples: Céu aparece no bar cantando, mas se você mudar a câmera, pode ver uma festinha, ela cantando para a galera e muito mais.

45″Copo de Mar”- Ludov

Neste vídeo em preto e branco, copos d’água são estrelas. Copos enchidos nas quinas das mesas, prestes a cair por um triz, combina bem com o tema e até tensão e reclamação da canção. Com os copos Vanessa também canta a cançãosendo coadjuvante do clipe :).

44 “Prisioneiro do Futuro/ Encruzilhada”- Vivendo do Ócio

No vídeo em animação “Prisioneiro do Futuro”, testemunhos um cachorro passando por um tipo Vale da Morte, com um monte de tentações à caminho, e um só objetivo: não ser pego e sair ileso para o céu. Um vídeo um pouco pesado, mas também serve pra pensar.

43 “Dois Sorrisos”- Móveis Coloniais de Acaju e Leoni

Bem típico da banda brasiliense, em comemoração aos dias dos namorados, Móveis Coloniais de Acaju juntou forças com Leoni para cantar a música “Dois Sorrisos” (de autoria do Leoni) para namorados e namoradas pela internet afora em uma bela homenagem cheia de graça e humor.

42 “Bang”- Thiago Iorc

A versão pra canção de Anitta ganhou um clipe super criativo feito à partir de luz negra. Ao se apaixonar por uma outra pessoa, vemos as cores literalmente de cada amante se trocarem nos amassos e beijos Bem simples, mas não deixando de ser delicado.

41 Tagua Tagua- “Preso no Amanhã”

No clipe de “Preso no Amanhã”, Tagua Tagua põe um dico pra tocar e um café pra tomar e de repente, começa a desconhecer a casa onde mora e o que fez anteriormente, daí começa a espiral com eventos cada vez mais bizarros e interessantes.

40 “Solidão De Volta”- Terno Rei

Em “Solidão de Volta”  o espectador vai em um city tour por Sçao Pauo guiado pelos integrantes do Terno Rei. Usando todos os cartões postais da cidade, a banda passeia, faz air guitar descontraídos e curtem o melhor que São Paulo oferece, terminando o dia com um bom japonês na Liba e um showzinho.

39 “Seu Tipo”- Fernanda Takai

Um dos primeiros clipes multimedia, Fernanda Takai vive em um apartamento mágicoe analógico e secretamente tenta conquistar o coração de um moço que mora (provavelmente?) em Nova Iorque. Fofinho e com estilo, assim como a Fernanda Takai.

38 “Fantástico”- Phill Veras

O clipe de “Fantástico” foi feito em parceria com o Coupe Of Things.  No clipe, Phill Veras é um mostro da floresta que encontra por acaso com um garoto, e há  admiração mútua. Com muita fantasia e chocolates.

37 “Não Espero Mais”- O Terno

Em “Não Espero Mais”, O Terno decidiu colocar todas as redes sociais da internet em um lugar só, brincando com o espectador com falso ads do youtube, 3D, brincando com filtros do instagram e snapchat e terminando no final com o melhor da zueira que a internet pode oferecer. Baita clipe e bem 2017.

36 “Criança”- Terno Rei

Antes do Terno Rei aparecer nos vídeos, alguns da era Essa Noite Me Bateu Como Um Sonho, teve algumas produções bem legais com histórias. Aqui nos colocamos “Criança” como destaque em que amigos se encontram em uma balada e a nostalgia bate.

35 “Ácido Esse”- Codinome Winchester

Em “Acido Esse”, os meninos do Codinome Winchester pegam o vocalista como cobaia para um experimento laboritorial juntamente com um culto demoniaco, até que algo não dá certo.E aí…há consequencias…

34 “Eu Estou Aqui”- Baleia

Em “Eu Estou Aqui” Sofia enfrenta a sí mesma no espelho, e todas as versões alí como um exército. O clipe tem vários efeitos legais com o espelho além das dancinhas legais da vocalista do Baleia.

33 “Astronauta”- Chico Bernardes

“Astronauta” é um clipe super simple, mas bem feito e entrega bem a premissa ca canção. Com um ponto de luz e fundo preto,  Chico Bernardes faz a performance da canção enquanto a luz circula sua cabeça, como se fosse um planeta orbitando no espaço.

32 “Os Passionais”- Mariana Aydar

Túneis em São Paulo, quase noite e Mariana Aydar se junta a um dançarino profissional que encontram e se desencontram em cena. Ótimas danças e muito, mas muito cinza!

31 “Papapa”- Mombojó

Um dos clipes mais divertidos da década, em “Papapa” vimos pela primeira vez os integantes do Mombojó vestidos de superheróis. No clipe, a exigênca da banda seria 1. aparecer no clipe, 2. ter coreografia e 3. algo relacionado à cultura japonesa. Com todas as referências de cartoon japonês, o clipe tem ótimos takes e um final icônico com a luta de robôs.

30 “Mais Ninguém”- Banda do Mar

Clipe bem simples, mas com muita energia, em “Mais Ninguém” os integrantes da Banda do Mar aparecem dançando a canção do jeito deles em meio à armazens e grafites. Ah e também tem a participação do Fezinho Patatyy.

29 “Eu Vim Passear”- Dingo Bells

Em “Eu vim Passear”, os meninos do Dingo Bells brincam em ser deuses e criam sua “criatura”, o educam para a vida e logo se encontra em um vida chata em que não se identifica para logo se encontrar e dançar como se não houvesse amanhã. Baita clipe.

28 “O Paulista”- Codinome Winchester

Um jevem trbalhador que encontra dificuldade para se levantar d cama e levar a vida. Sim, “o Paulista”fala destas dificuldades do dia a dia e como nossa rotina muitas vezes não faz sentido e voltamos ao mesmos vícios. Na escada de emergência é o ápice da crise que mais uma vez a rotina criou.

27 “Algo Parecido”- Skank

Talvez o último clipe oficial do Skank como banda, “Algo Parecido” mostra um amor infantil, um relógio (onde a banda aparece tocando), e a habilidade do garotohomem em interagir com o mundo que está diante dele. Um clipe bem bonito e cheio de magia.

26 “Me Erra”- Garotas Suecas

Em “Me Erra”, a agora vocalista da banda tenta se livrar do “Mala” (literalmente) e consegue sucesso em um comercial de Anti- Abuso que serve bem para se livrar do moço em questçao. Preste atenção nos bons efeitos especiais também!

25 “Lobo Mau”- Estranhos Românticos

O Lobo Maudos Estranhos Românticos é diferente: mora no Rio de Janeiro e anda pelas ruas dançando noite afora. Tem um belo plot twist também de personagens.

24″Não Trocaria um Sorvete de Flocos Por Você”- Soulstripper 

He aposto que após ver este rosto fofinho de criança, você clicou para assistir este clipe. Com um amor infantil contando a história central da canção- o clipe é divertido e super bonitinho, sem deixar de ter uma ironiazinha no meio.

23 “E O Meu Peito Mais Aberto que o Mar da Bahia”- Vanguart

No clipe, várias nuances de como sentir falta de alguém nos bate e alguns momentos cotidianos , em meio da banda tocando, aproveitando uma praia e com pequenas lembranças que as pessoas ainda podem estar presentes na nossa vida.

22 “Navegador”-Mallu Magalhães

Em “Navegador”, Mallu Magalhães mostra sua amizade com a atriz Maria Ribeiro em um clipe bem delicado filmado também em Sçao Paulo. Com direito à karaoke na Liberdade, partidas de video game, conversas, e corridas em plena Paulista, o clipe mostra mais um lado da nossa fofa Mallu.

21 “Hit”- Mahmundi

Com uma vibe bem anos 80, Mahmundi entra na casas das pessoas pela TV e inspira uma garota ( ela mesma?) a sair do restaurante japonês em que ela trabalha e andar pela Liberdade à noite e encerrar a noite em um karaokê.

20 “Orfeu”- Thiago Pethit

Em “Orfeu”, Thiago conta um pouco da história de Orfeu (da Consolação) com belas imagens de São Paulo em pano de fundo, além de releituras de estátuas gregas através de janelas da cidade. Uma delicadeza que dá gosto.

19 “Quebra Cabeça”- Bixiga 70

No divertido clipe de Bixiga 70,  um homem decide a andar pelas ruas de São Paulo à noite e com potencial de transformar em qualquer transeunte em um dos inegrantes da banda. Com muita dança e com muita diversão que o convida também para se divertir.

18 “Imergir”- Silva

Em “Imergir” Silva fez a transição entre os álbuns Claridão e Vista pro Mar, já dando alguns spoilers da nova era. No clipe, em meio de cenários naturais de tirar o fôlego, há objetos suspensos  e um barquinho com uma árvore no mar, até terminar em fogo. Sim, é sobre o fim de um relacionamento.

17 “Felicidade”- Marcelo Jeneci

Em “Felicidade” passamos o dia com Marcelo Jeneci e Laura Lavieri em uma cidadezinha do interior, com direito à passeios nas ruazinhas de bicicleta, café, e mini shows em casa dos parentes.

16 “De Passagem”- Cícero

Desta vez tendo São Paulo como pano de fundo, em “De Passagem” mostra o itinerário de uma garota que é descrita nas letras de Cícero ,  combinação da música e das cenas fazem do clipe pura poesia (e tente achar também referência dos álbuns A Praia e Sábado nas cenas).

15 “Ben”- Rubel

Com a estética inspirada naqueles clássicos games do início dos anos 90 (Alexx Kid?), o menino Ben enfrenta todos os desafios da primeira infância – na escolinha, no escuro, no quarto-em um game bem sensível e dialogando com a bela mensagem que Rubel dedica para Ben.

14 “You and Me and the Bright Blue Sky”- Fernanda Takai

Em uma viagem à carro com seu cachorrinho, “You and Me and the Bright Blue Sky” é um clipe bem sensível que mostra a parceria de uma aventureira com seu cachorro e a cumplicidade que há na relação com os bichinhos. Pra fechar, há uma bela animação no final do clipe.

13 “Sonhos Lúcidos”- Pitanga em Pé de Amora

Um clipe simples fcom fundo preto e desenhos com traços coloridos conseguiram passar uma variedade de sentimentos. Com cada linha representando um dos integrantes da banda, há também uma história paralela na linha do metrô que se confunde em realidade ou quando nos perdemos em pensamento. E cuidado com a coisa colorida que pode te tirar de sua rotina!

12 “The Auction”- Holger

Em “The Auction” a banda Holger aparece no meio de uma festa (cena acima) e em uma mudança (cena abaixo) e em ambas cenas os integrantes da banda dançam de um modo bem específico, tirando e colocando objetos. Não deixa de ser criativo e engraçado.

11 “Tu”- Tulipa Ruiz

Um clipe totalmente feito em stop motion e com uma qualidade incrível, em “Tú”, cada frame feito de Tulipa Ruiz foi gravado, impresso e depois colocado um a um, passo a passo, junto com os efeitos especiais manuais, passando por alguns símbolos especiais da carriera de Tulipa. O clipe pode ser simples, mas é mega trabalhoso e com certeza tem um toque especial todo Tulipa.

10 “Culpa”- O Terno

Recheado de humor, em “Culpa”, O Terno aparece como dubladores nada convencionais, utilizando tudo quanto é tipo de coisa para fazer os sons para o tal vídeo. Hilário, o clipe surpreende até no final do clipe.

9 “Um Rei e o Zé”- Apanhador Só

Uma partida de taco naquela quadra do bairro  em que o profissional treinando desafia dois amigos para uma torcida, e pega um “Zé” para ajudá-lo. Clipe super divertido que sei que muita gente lembra de passar na MTV.

8 “Summerlong”- Mombojó

Clipe feito metade em Recife e metade na Inglaterra, em “Summerlong” mostra oum homem em um quarto de prisão que vai  voltando no tempo assim como um Benjamin Button. Com participação também de Laetitia Sadier e de Felipe, o vocalista em alguns flashes do vídeo.

7 “Ficamos Assim”- Barro

Em um clipe esteticamente bem pensando, remetendo à capa do álbum Miocardio de Barro, em “Ficamos Assim” areia e a água se alternam, mostrando a saudade e aflitos de um relacionamento.

6 “Tempo de Pipa”-Cícero

No vídeo feito pelos amigos diretores de Cícero mostam bem o que uma ideia boa faz um bom vídeoclipe Cícero tenta conquistar o coração da garota do bonde a todo custo,com chocolates, brinquedos e até confeti…até que desiste. O entusiasmo de Cícero a cada ponto alto da canção e aquele toque de melancolia.

5 “Volta”- Baleia

Neste vídeo, cheio de mistério, Baleia faz a performance da canção em um tipo de ritual de transição enquanto o próprio morto vê seu corpo sendo adorado no tal rito de passagem. Com danças e um misto de confusão e aflição do morto, assim como a intensidade da canção. Clipão.

4 “Dinossauros”- Dingo Bells

Em “Dinossauros”, entramos na imaginação de duas garotinhas que fazem um passeio ao museu. Junto com a inocência, as risadas, assim que as meninas olham através deum telescópio uma enxurrada de referências históricas em uma animação com muita imaginação ativa. Um clipe sensível que casa muito bem com o mote da canção.

3 “Recomeçar”- Tim Bernardes

Um registro bem bonito e significativo, em “Recomeçar”, Tim Bernardes desmonta um piano que seria de sua avó com a trilha sonora de “Recomeçar”. Um ato que casa bem: se desfazer do passado para começar algo novo. Filmado em filme, o clipe tem um estética impecável.

2 “Sede de Chuva”- Móveis Coloniais De Acaju

Com uma sensibilidade à flor da pele, Móveis Coloniais de Acaju fez um vídeo com sombras contando uma história com terra, água e seca como pessoas vivendo um triângulo amoroso. A banda também aparece como sombras tocando e também encantando, assim como a história.

1 “Ai Ai, Como Eu Me Iludo”- O Terno

O clipe que ganhou até premiação de curta, em “Ai Ai,Como Eu Me Iludo ” conta a história de um bonequinho que faz tudo auxiliando seu dono, mas que se apaixona por toda garota que aparece na sua frente. Engraçado, e super bem feito ótimo filme para a trilha sonora perfeito d’O Terno.