Melhores Albuns Nacionais 2016

O ano de 2016 trouxe grandes surpresas quanto aos álbuns lançados.  No cenário brasileiro, não foi diferente: alguns lançamentos foram bastante esperados pelos fãs e pela crítica enquanto outros apareceram e encantaram, de surpresa, para a felicidade de nossos ouvidos. Selecionamos alguns álbuns que merecem destaque em 2016, aqui estão eles:

noiseless-albuns-nacionais

1.  Canções de Exílio– Jay Vaquer

capa-CDE

Como sempre, o Brasil inteiro pode ter ignorado Jay Vaquer…mas nós não! Canções de Exílio demorou pra sair (último álbum do cantor foi Umbigobunker?! lançado em 2011), mas trouxe Jay em novas canções extremamente bem produzidas com letras mais uma vez inteligentes e provocadoras. Um rock pop de qualidade que não vemos tão frequente, com críticas pesadas, para pensar embaladas em um som com guitarras e melodias frenéticas.

Destaques: “Tudo que Não Era Esgoto”, “Legítima Defesa”, “Quantos Tantos “, “Boneco de Vodu”

Resenha:  Canções de Exílio

2. Atlas – Baleia

947354_1278190072207967_3044571859522958364_n

Em uma evolução super aparente na sonoridade, a banda carioca Baleia lançou o bem complexo Atlas. Não só na arquitetura de seu som, em melodias mais complicadas do que as vistas no primeiro álbum da banda, mas também nos temas que  vão à morte e o sentimento de estranho em um novo lugar.

Destaques: “Hiato”, “Volta”, “Estrangeiro” e “Triz (Ida)”

Resenha: Atlas

3 Melhor Do Que Parece– O Terno

o-terno-melhor-do-que-parece

O Terno não só nos ofereceu ótimos clipes, mas também um álbum bem completo. Melhor Do Que Parece traz todas as idiossincrasias da banda com letras ora divertidas ora emocionais com um flerte com um rock sessentista.

Destaques: “Culpa”, “Volta”, “Minas Gerais” e “O Orgulho e o Perdão”

O Mesmo Mar Que Nega a Terra Cede à Sua Calma– Bruna Mendez

bruna-mendez1

A descoberta e estreia do ano, Bruna Mendez conquista com sua voz e melodia suaves e letras profundas e uma interpretação arrebatadora. Bruna, aposta na serenidade da melodia e sua voz, coisa simples, mas em que acerta em cheio.

Destaques: “Branquinha”, “Sorte”, “Todo Choro é Canto”, “Calor Sol e Sal”

5 Mahmundi– Mahmundi

12993457_1342218042472816_85164522901284470_n

Mais um  primeiro álbum, desta vez de Mahmundi, que já famosa com seus aclamados  EPs, pode mostrar mais de seus sons e sintetizadores e seu flerte forte com os anos 80, mesmo assim fazendo um som atual, leve e bem caloroso.

Destaques: “Hit”,  “Eterno Verão”, “Calor do Amor” e “Sentimento”

Anúncios

Sobre samarasammy

A simple girl lost in thoughts and feelings-
Esse post foi publicado em Especial, Indie e marcado , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s