Melhores Álbuns Nacionais 2015

2015 foi ano de alguns artistas consagrados voltaram com novas obras e alguns artistas novos aparecerem- todos eles nos levando à novas aventuras sonoras. E aqui está a nossa seleção para os melhores álbuns nacionais:

1.Cícero- A Praia

Um pouco mais alegre e otimista, mesmo mostrando resquícios de melancolia, Cícero mostrou uma mescla do primeiro e segundo álbum com melodias incorporando novos elementos e colocando confissões sinceras em poemas/ letras de música, junto com velhos personagens ( O Bobo e Cecília). Um pouco mais leve, com atmosfera praiana e cheiro de coisas boas no ar. Faixas de destaque:  “A Praia”, “O Bobo”, “Frevo Por Acaso n°2”
A praia

2. Tulipa Ruiz- Dancê

Festivo, energético e com as melhores vibrações no ar. Tulipa fez o álbum com direito ao Grammy em uma produção em São Paulo- pequena, mas enorme no talento. Com os vocais e letras ainda mais afiadas, e com arranjos com metais e aquele groove genial- o disco é ideal para dançar não só nas festas, mas porque não sozinho até naquele ônibus com o pé no ritmo? Faixas de destaque: “Proporcional”, “Elixir”.

tulipa-ruiz-dance

3. Mariana Aydar- Pedaço Duma Asa

Com a participação do artista plástico Nuno Ramos em 7 músicas com estéticas mais abstratas, com as palavras impactantes de Nuno e a interpretação fantástica e expressiva de Aydar. O álbum tem algo de cru – passando pelo ódio de “Isso Pode” e  “Poeira” passando pela melancolia de “Samba Triste” e  “Saiba Ficar Quieto”. Uma montanha russa de emoções intensas e te leva para uma reflexão junto com os elementos brasileiros. Faixas de destaque: “Poeira”, “Samba Triste”, Pedaço Duma Asa”.

mariana aydar-pedaçoduma asa

4. Eddie- Morte e Vida

De Recife, a banda Eddie lançou mais um álbum para a coleção e teve até download gratuito. O álbum traz todo o poder e versatilidade da banda, com vocais femininos, passando pelo som um pouco mais indie, para um rock mais clássico- todas elas com letras com críticas bem estruturadas. Faixa de destaque: “Morte e Vida”, “Essa Trouxa Não É Sua” e “Alimenta o Compositor”

eddievm

5. André Whoong- 1985

Estreia com um dos álbuns mais eufóricos de 2015, André Whoong colocou as redes sociais, o bairro, as dúvidas da idade ou da ressaca  em suas melodias encorpadas em um pop delicioso e viciante. Com certeza é um dos nomes a se prestar atenção. Músicas de destaque: “Vila Ipojuca”, “Botas”, “Vou Parar De Beber” e “Ócio Criativo”

andrewhoong1985

Anúncios

Sobre samarasammy

A simple girl lost in thoughts and feelings- Graduated in Languages (Portuguese and English) and crazy to find new sounds.
Esse post foi publicado em Especial, Indie e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s