Top 10 (Músicas de 2014)

Dentre os dias que compuseram 2014, algumas músicas e trilhas sonoras foram lançadas, dando um pouco de graça e cor aos nossos dias. Posso confirmar que este ano tive uma revolução, mas desta vez de música brasileira. Há tempos que não via a cena nacional agitada com vários discos de altíssima qualidade sendo lançados. Vários álbuns internacionais bons também devem ser lembrados, várias bandas que apareceram outras que ressuscitaram…enfim, aqui estão as melhores faixas deste ano:

1. “Entardecer”- Silva // “Riscou/ Tingiu de rosa o entardecer…”

A faixa que é recheio do delicioso Vista Pro Mar.“Entardecer” mostra o quanto Silva arriscou ao fazer este álbum, e o quanto ele acertou neste álbum. Canção leve e praiana, com introdução marcante e letras ideais pra ver em um pôr-do-sol somando a  um refrão animado já fariam a faixa sozinha ser fantástica, mas Silva teve a brilhante ideia de colocar um reggae vagaroso e suave para encerrar a canção. A cereja do bolo! Mais uma vez, obrigada, Silva!

2. “Pressure” – My Brightest Diamond // “Disperse the white light”

Ao ouvir a bateria de fanfarra que abre a canção,  é impossível imaginar que este elemento poderia casar tão bem com um pop com toques de eletrônicos, após um refrão tão suave. Shara Worden consegue não só um ritmo mais acelerado, mas integra muito bem o orgânico e eletrônico com sua voz única. Foi difícil de tirá-la do Replay:

3. “Summer Long”- Mombojó // “Vai, vai, vai, vai./Vai vendo o tempo ir”

Com participação de Laetitia Sadier, Mombojó conseguiu trazer um ritmo tranquilo com a parte da cantora alternado com a parte pesada e imprevisível de Mombojó, em português. Parecem ser duas músicas em uma com até mudança de ritmo, mas mesmo tendo as característica de ser uma canção só  (álbum Frankeistein- Alexandre  explica). A canção te leva a diferente fases e é ótima para ouvir andando em dias ensolarados.

4. “Parasites”- San Fermin // “This little mouth’s no good for you/These lips’ll suck you black and blue”

San Fermim fez a estreia em 2013 com seu baroque pop de altíssima qualidade com arranjos fenomenais e letras bem pensadas. E logo já estavam conseguindo seu nicho nos festivais pelo belo trabalho apresentado. Mas Ellis Ludwig-Leone sabe acompanhar as tendências e logo no segundo álbum para o próximo ano lançam o single “Parasites” logo em Dezembro de 2014. Com misturas de eletrônicos com toques de metais e as mistura das vozes mostram o que nos aguardam próximo ano. Eles acertaram e acho isso ótimo:

5. “Competition”- The Dodos // “Is this your goal/ My friend, my foe/ Competition”

Um baterista e um guitarrista que fazem milagres de canções totalmente contagiosas ou super profundas, The Dodos conseguiu mais uma vez fazer uma canção perfeita: riffs de guitarras, bateria feroz e vocais precisos e suaves. Groove genial e difícil de acreditar que somente dois integrantes fazem isso. Demais.

 

6. “Bearings”- Screaming Maldini // “Just land and sea beetween us/ It’s all connected and we’re all connected by one”

Screaming Maldini tem uma certa genialidade e boas vibrações raras, bem retratadas na canção “Bearings” com letras inteligentes, arranjos experimentais bem construídos ( preste atenção nos metais, baixo e interação voz bateria) e voz suave da Gina. Uma das faixas do projeto genial Monthly Maldini, em que a banda liberava uma canção cada mês. Infelizmente este é o último projeto e esta banda deixa uma saudade imensa já que tem qualidade musical difícil de encontrar .

 

7.  “My Silver Lining”- First Aid Kit  // “Show me my silver lining (I try to keep on keepin on) “

As irmãs folk suecas simplesmente misturaram arranjos orquestrais com o folk de batida rápida e empolgante e letras geniais. “My Silver Lining” foi a primeira canção lançada de Stay Gold e foi aquelas que ficam no replay um bom tempo…até hoje.

8. “Alexia”- Skank // “Chove chuva, molha o chão/ Nuvem, samba do avião/ Ela vai jogar

É difícil uma parceria Skank- Nando Reis não dar certo, e mais uma faixa desta parceria  abre o disco Velocia de uma maneira colossal. O tema é novamente futebol (afinal 2014 foi ano de Copa)  mas o tema é um golaço de Alexia, uma jogadora espanhola, que ao marcar tal feito entra pro hall dos deuses gregos da modernidade. Ritmo e as letras meio complexas dão o tom clássico do Skank, e devo confessar que senti falta deste som!

9. “Alcohol”- Sisyphus // “ Expression / Repression / Submission / My lesson is alcohol, alcohol, alcohol, alcohol

O hip hop feito pelo trio Serengueti, Son Lux e Sufjan Stevens deu certo e pode-se ver a fusão das características destes três artistas nos trabalhos lançados. Mas um dos melhores resultados desta fusão está na faixa “alcohol”: batida hipnotizante com letras rápidas e sagazes e um final intenso. Boas texturas….muito boas texturas!

10. “No Rest For the Wicked”- Lykke Li // “I let my good one down/ I let my true love die/ I had his heart, but I broke it every time”

Ao escutar as primeiras notas da canção de Lykke Li é difícil não arrepiar. Melancólico e profundo a música mostra exatamente o que a musa sueca passa em seu último álbum, I Never Learn. Deve-se ter cuidado ao escutá-la, em alguns momentos fazem chorar, e Lykke Li mostra como é ter um coração partido:

Guilty Pleasure: Taylor Swift- “Shake it Off” “But I keep cruisin’, can’t stop, won’t stop moving”

Taylor lançou um álbum “diferente” este ano mesclando um pouco de sintetizador (que parece ser obrigatoriedade na cena atual) e  acertou em alguns momentos. O primeiro single “Shake it Off” foi uma bela surpresa para os ouvidos, agitada, com arranjo de metais e com um refrão grudento e um bridge mais pegajoso ainda, Taylor conseguiu conquistar o coração de uma galera por aí. Muitos, porém, não sabem que quem produziu a tal faixa foi um famoso hitmaker pop dos anos 90: Max Martin não só fez os hits dos anos de 1999 e 2000 ( Backstreet Boys, N*Sync, Britney Spears) mas também trabalhou em alguns hits genias como “Since You’ve Been Gone” da Kelly Clarkson. Não foi a primeira vez que Swift e Martin trabalham juntos, mas devo confessar, muitas vezes me peguei cantando esta música e achei bem legal dentro do sufoco que a música pop vêm passando de uns tempos pra cá:

Sobre samarasammy

A simple girl lost in thoughts and feelings. I found myself lost in the world of music, and there I keep finding myself again and again. I blog to let it registered the sounds that brings me energies/ memories/hope/ thoughts- even those critical ones. Addicted also in books, tv series and the English language...oh and travel if there is money or time available. Crazy for chocolate and pets. Nice to meet you! :)
Esse post foi publicado em Indie e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s